Modo escuro pode mesmo estender vida útil da bateria do smartphone?


Se você é daqueles que preferem usar o smartphone no modo escuro, saiba que o recurso pode aumentar a vida útil da bateria, conforme já é de conhecimento, mas não totalmente. De acordo com pesquisadores da Universidade de Purdue (Indiana – EUA), o modo escuro não oferece grandes ganhos de eficiência, a menos que você esteja olhando em cenários específicos. Além disso, os ganhos de vida útil da bateria são mais proveitosos ao alternar do modo claro com brilho total para o modo escuro.

Modo escuro não economiza tanta bateria quanto se imaginava. Imagem: Pavel Bezkorovainyi – Istockphoto

Segundo o site XDA Developers, os pesquisadores analisaram o uso de energia no modo escuro de seis aplicativos diferentes: Calculadora, Google Agenda, Google Maps, Google Notícias, Google Phone e YouTube.

publicidade

Eles foram testados em um Pixel 2, Moto Z3, Pixel 4 e um Pixel 5 – todos os telefones com telas OLED. O consumo de energia foi testado ao executar cada um dos aplicativos no modo escuro por 60 segundos. Segundo os pesquisadores, um conjunto de ferramentas foi criado para medir com precisão o consumo de energia em pixels.

No começo do uso do modo escuro, não existiam ferramentas de medição adequadas

“Quando a indústria se apressou em adotar o modo escuro, ainda não tinha as ferramentas para medir com precisão o consumo de energia por pixels”, disse Charlie Hu, professor de Engenharia Elétrica e de Computação da Purdue. “Mas agora podemos fornecer aos desenvolvedores as ferramentas de que precisam para oferecer aos usuários aplicativos com maior eficiência energética”.

Com cerca de 30% a 50% de brilho, mudar do modo claro para o modo escuro economizou apenas entre 3% e 9% de energia, em média. No entanto, fazer a alternância com 100% de brilho pode economizar até uma média de 47% da energia da bateria.

Leia mais:

“Testes feitos no passado para comparar os efeitos do modo claro com o modo escuro na duração da bateria trataram o telefone como uma caixa preta, agrupando-se em um display OLED com os outros zilhões de componentes do telefone. Nossa ferramenta pode isolar com precisão a parte do consumo da bateria pelo display OLED ”, explicou Pranab Dash, pós-doutorando da Purdue, que participou das pesquisas com Hu.

Outras descobertas interessantes foram feitas com o estudo, incluindo que usar o aplicativo Google Notícias no modo claro com 20% de brilho no Pixel 5 consome a mesma quantidade de energia de quando o telefone está com 50% de brilho no modo escuro. 

O estudo também menciona que os detalhes de consumo da bateria do Android não levam em conta o modo escuro, então, a equipe desenvolveu uma ferramenta chamada “Android Battery +” que faz isso. Agora, os pesquisadores querem abrir o código-fonte de sua ferramenta de criação de perfil de exibição e adicionar o recurso Android Battery + ao Android Open Source Project (AOSP).

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *