confira 5 curiosidades sobre o país ilhas vulcânicas


Famosa principalmente pela ilha de Bali, a Indonésia é  muito mais do que isso. O país arquipélago, de capital em Jacarta, formado por mais de 17 mil ilhas, é uma potência regional repleta de diversidade cultural, étnica e religiosa. A visita ao país é imperdível, então fique com algumas curiosidades:

indonésia
Confira 5 curiosidades sobre o país ilhas vulcânicas. | Foto: Reprodução.

Curiosidades sobre a Indonésia

1. Existem, oficialmente, oito patrimônios mundiais da Unesco na Indonésia

Bali, a ilha mais famosa, além de seu papel no surfe e no turismo, aparece também na lista da Unesco. Desde 2012, a Paisagem Cultural da Província de Bali (Cultural Landscape of Bali Province: the Subak System as a Manifestation of the Tri Hita Karana Philosophy) é considerada um patrimônio cultural mundial da Unesco.

O conjunto de templos budistas de Borobudur (Borobudur Temple Compounds) e o conjunto de templos hindus de Prambanan (Prambanan Temple Compounds ), que não estão localizados em Bali, mas sim ilha de Java – a mais habitada – são considerados, desde 1991, patrimônios culturais mundiais pela Unesco. O último patrimônio cultural mundial da Indonésia é o sítio arqueológico Sangiran (Sangiran Early Man Site), também na ilha de Java. 

Além dos quatro culturais, existem outros quatro patrimônios mundiais no país, mas naturais. Três são parques: Parque Nacional de Komodo (Komodo National Park), o Parque Nacional de Lorentz (Lorentz National Park) e o Parque Nacional Ujung Kulon (Ujung Kulon National Park). E um é uma floresta tropical, a Floresta Tropical de Sumatra (Tropical Rainforest Heritage of Sumatra). Mesmo já com oito na lista, o país ainda reclama mais dez locais para entrarem na lista. 

2. Ocorre pelo menos uma erupção significativa por ano no país

A Indonésia, que está no Anel de Fogo do Pacifico, é um dos cinco países com mais vulcões ativos do mundo. De acordo com a Isto É, o país possui 130 vulcões ativos. Da mesma forma que ocorre pelo menos uma erupção significativa por ano, ocorre pelo menos um terremoto por dia no país. 

3. Pena de morte

Na Indonésia, a morte ainda é aplicada como pena em alguns casos, principalmente quando relacionada ao uso e tráfico de drogas. Existem dois casos famosos, inclusive de brasileiros que foram condenados à morte no país por isso. 

4. Consumo de bebidas alcoólicas

A Indonésia tem a maioria da população muçulmana e, a princípio, os muçulmanos não devem consumir bebidas alcoólicas. Por conta disso, tais itens são altamente taxados, sendo extremamente caros em grande parte do país. Existem até locais onde é proibido o consumo.

Em Bali e nas ilhas Gili, você ainda pode encontrar bebidas alcoólicas em maior quantidade e menor preço do que em outros locais. Na capital Jacarta, existem muitos restaurantes, lounges e bares que oferecem bebidas alcoólicas – até porque a cidade abriga muitos estrangeiros, de diferentes origens e religiões – porém, o preço segue alto. 

5. Massagem

Muitos encaram a massagem como forma de relaxamento, mas, na Indonésia, ela é também uma forma de terapia e até cura. A massagem, por lá, pode ser uma terapia holística, com uso de ervas medicinais. São raros os locais, quando se machucam ou estão doentes que precisem procurar hospitais e clínicas de fato, eles recorrem muito a curandeiros e massagistas, que acabam usando algumas bases da medicina oriental. Para os turistas, as massagens também são uma ótima oportunidade, além de existirem vários tipos e locais, os serviços dos massagistas costumam ser baratos. 

________________________
Por Gabriela Veloso – Fala! UFRJ

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *